Maria Carolina Trevisan


Nem esquecimento, nem perdão

Relatório da Comissão Nacional da Verdade traz recomendações de medidas e políticas públicas para assegurar a não repetição das violações de direitos humanos praticadas durante a ditadura – que seguem ocorrendo – e promover a efetiva reconciliação nacional.

CNVquadrado

Comissão Nacional da Verdade divulga relatório final 1

Conheça a história das 434 vítimas da ditadura, saiba quem foram os civis e militares que colaboraram com os crimes contra a humanidade – e aqueles que se recusaram a participar – e entenda as recomendações para um país mais justo e democrático.

Acesse o relatório final da Comissão Nacional da Verdade

Fim da licença do Estado para matar 2

Projeto de Lei, que poderá ser votado nesta quarta-feira, 10 de dezembro, propõe o fim dos autos de resistência e estabelece novos parâmetros de investigação para mortes causadas pela polícia.

_BE_6091

Enfrentar o racismo na nova gestão Dilma 1

Reeleita presidente do Brasil, Dilma Rousseff acena para o fortalecimento de políticas públicas que garantam maior igualdade racial. Ponte se compromete a ser o mais intransigente fiscal do cumprimento das promessas de campanha da presidente eleita na área dos Direitos Humanos.

Ilustração: Junião/Ponte Jornalismo

Democracia em preto e branco

Com locução de Rita Lee, documentário de Pedro Asbeg, em exibição nos cinemas e na TV a cabo, retrata período histórico que junta futebol, Diretas Já e rock n’ roll.

Foto: divulgação

O racismo que mata 9

O homicídio de um jovem negro mobilizou os Estados Unidos. No Brasil, isso acontece todos os dias de maneira silenciosa e covarde: negros morrem por serem negros.

Ilustração: Junião/Ponte Jornalismo

Documentário “Raça” desnuda o mito da democracia racial 1

O documentário Raça, de Joel Zito Araújo e Megan Mylan, retrata a luta de três negros por justiça racial, a da quilombola Elda de Linharinho, no Espírito Santo, a do cantor e vereador Netinho de Paula, em São Paulo, e a do primeiro senador negro do Brasil, Paulo Paim, em Brasília.

Foto: divulgação

Cicatriz na dignidade

A história de José, o adolescente negro injustamente apreendido pela PM e que ficou 22 dias na Fundação Casa sem que a Justiça desse atenção, mesmo com todas as provas de inocência.

Foto: Caio Palazzo