Quem sabe forja ao vivo

A agilidade do policial militar colocando uma arma na cena do crime, no flagrante de violência policial transmitido ao vivo nesta terça-feira, 23, pelos dois programas de entretenimento mórbido, é um teatro macabro que persiste há mais de 40 anos e que parece introjetado como prática corriqueira.

A agilidade do policial militar colocando uma arma na cena do crime, no flagrante de violência policial transmitido ao vivo nesta terça-feira, 23, pelos dois programas de entretenimento mórbido, é um teatro macabro que persiste há mais de 40 anos e que parece introjetado como prática corriqueira
Momento em que o PM atira nos homens já caídos. Um deles está com as mãos levantadas. Foto: reprodução TV
Momento em que o PM atira nos homens já caídos. Um deles está com as mãos levantadas. Foto: reprodução TV

Há diversos pontos a serem debatidos na cena estarrecedora de flagrante de violência policial transmitido ao vivo nesta terça-feira, 23, pelos dois programas de entretenimento mórbido e desinformação sobre segurança pública. “Bandidos em fuga! Que bela imagem! Merece uma medalha!” Vamos deixar o papelão desempenhado pelos “animadores” de auditório. O debate já está intenso, com disparos para todos os lados. A Ponte Jornalismo vai destrinchar outro ponto: a agilidade com que o policial militar aparece no vídeo colocando uma arma na cena do crime. Aparentemente, a intenção é simular um tiroteio. Um teatro macabro que persiste há mais de 40 anos e que parece introjetado como se fosse prática corriqueira.

Veja a sequência de imagens abaixo nos vídeos. A adrenalina da perseguição é intensa. Um capacete é jogado na direção do PM Claudinei Francisco de Souza, 39 anos, do 12* Batalhão. O policial efetua dois disparos. Os graves problemas ocorrem em seguida. Os dois que estavam na moto caem. O policial Souza para e dispara quatro tiros. Uma mão está levantada. Em seguida, o PM agacha-se próximo aos suspeitos, sai com uma arma e dispara contra o chão.

O roteiro agora todos já sabem. Porque se repete há décadas. O policial vai apresentar a versão de que foi vítima de disparos. A prova forjada dificilmente pode ser refutada diante de investigadores passivos. Promotores de um Ministério Público anestesiado devem aceitar a versão oficial. E tudo segue normalmente.

O mais impressionante é que todo nosso sistema de Justiça e de aprisionamento gira suas engrenagens a partir de depoimentos de policiais. Esses mesmos que parecem capazes de forjar provas em questão de segundos. Veja no caso das prisões por droga.

A absoluta maioria das prisões (87%) ocorre em flagrante feito pela Polícia Militar a partir de patrulhamento de rotina (62%). Em outras palavras, um jovem suspeito negro nas ruas da periferia é identificado e se inicia a perseguição. No levantamento feito para Prisão Provisória e Lei de Droga (2012), de Fernando Salla, Maria Gorete Marques de Jesus e Thiago Thadeu Rocha do Núcleo de Estudos da Violência (NEV-USP), drogas foram apresentadas em somente 39% dos casos. A fragilidade das provas aceitas para a condenação dos acusados foi o que mais impressionou os pesquisadores, sendo que o depoimento do policial autor do flagrante era sempre o eixo a partir do qual o réu era mandado para a prisão.

Observe-se agora as punições previstas para policiais que inventam depoimentos ou colocam drogas inexistentes com o objetivo de prender o suspeito. O advogado Luiz Francisco de Carvalho Filho escreveu sobre a pena prevista pela Justiça Militar: “punição de um mês e seis dias de detenção, com sursis (suspensão condicional da pena), já que, de fato, o encarceramento não contribuiria para a “ressocialização” dos réus, que permanecem na ativa, prontos para, de novo, “arrepiar”, escreveu Carvalho em sua coluna na Folha de S. Paulo.

O resultado são mentiras recorrentes se repetindo há décadas. Em abril, o jornal o Estado de S. Paulo apresentou a fita em que o coronel do Exército Erasmo Dias dava risadas ao contar sobre como policiais forjaram a cena no caso Rota 66, ocorrido em abril de 1975. São exatos 40  anos. Naquele ano, homens da Rota mataram três jovens e depois simularam o tiroteio. Erasmo confessou a armação, antes de morrer; ao repórter Marcelo Godoy:

– Pararam, não sei o quê, fugiram’. “Trinta quilômetros de perseguição num viaduto”. E bé bé bé, quando chegou, um fez assim, outro fez assim e ‘bam bam, bam, bam’ (…) Aí eu peguei assim armas, fiquei com o tambor na mão, caiu (risos). Eu falei: ‘Os bandidos estavam com essas armas, falei pro sargento? ‘É. Meu amigo, eu peguei a arma (e mostra ele enfiando em uma gaveta), numa gaveta assim, vai tomar no rabo. Deixei a coisa pra lá. ‘Mais alguma coisa?’ Não, faz o inquérito aí, pô. (…) Eles não estavam armados porra nenhuma (risos). Não pode enfrentar a polícia, não pode fugir da polícia, quem foge da polícia é bandido. Então, imagina o que os caras estão pensando. Depois vem a merda, conforme o caso enruste uma maconha, conforme o caso enruste uma arma, é uma autodefesa, pô”.

Erasmo Dias deu risada sobre um crime forjado há 40 anos atrás. Os teatros macabros continuaram se repetindo. E depoimentos mentirosos viraram a base de toda a Indústria Nacional de Encarceramento e Injustiças em Massa.

48 Comentários

  1. Vcs estão fazendo uma excelente cobertura sobre segurança pública. Finalmente uma linha editorial que não é cínica perante as práticas de extermínio da polícia e o consentimento tácito do ministério público e do judiciário. A grande marmelada e cegueira proposital que destrói milhares de vidas a cada ano, sem investigação, direito de defesa ou questionamento das provas. Continuem, continuem! Meu respeito e minha consideração por vcs aumentam a cada matéria.

    • Está tudo errado, policia esta errado, bandido está errado, justiça esta errada, eu não desejo mal a ninguém mas eu gostaria que um dia você estivesse no seu carro, sua moto, ou simplesmente no portal da sua casa, e um ser “humano” deste te apontasse uma 380 grintando para vc PERDEU, PERDEU. e voce leva um tiro no peito, sua familia destruida, e os seres “HUMANOS” tirando onda.

  2. Parabéns Ponte, alguém tinha que dar essa abertura na cabeça desse povo cego.

    • Realmente, quando dois suspeitos saem de moto com o garupa armado só pode ser para fazer compras. Acho que a polícia deve fingir que trabalha e deixar os suspeitos cometerem um latrocínio, com isso a polícia não cometa mais abusos como esse absurdo. O policial foi extremamente truculento com dois humildes cidadões que saem de moto para passear.

      • Marcos X, você leu o texto? Viu as imagens? Consegue entender que eles não estavam armados?

        • Eles não atiraram, eu quis dizer. Senão fica parecendo que quem não leu o texto fui eu.

          • Leva esses dois coitadinhos pra tua casinha, aproveita e compra uma cueca de ferro!

          • Andrius… vc viu o vídeo??… A arma estava com o marginal. O policial foi lá PEGOU a arma com o marginal. Ele não colocou a arma lá como está na matéria tão tendenciosa como qualquer Veja. Ele pegou a arma e efetuou um disparo para justifica que o marginal atirou primeiro e ele revidou. Fora isso, o policial está corretíssimo. Se os “anjinhos” tivessem parado e colocado a mão na cabeça na primeira ordem de abordagem, um não estaria morto e ou não estaria no hospital. Estariam presos vivos e ilesos.

          • São bandidos, entenderam.. BANDIDOS fugindo da polícia.. e se esses BANDIDOS, estivessem fugindo porque MATARAM alguem.. poderia ser sua MÃE, seu PAI, seu FILHO… eles poderiam não estar armados no momento, ou não atiraram no momento.. você já pensou como o Policial, sozinho, numa perseguição em alta velocidade, saberia ou não se estavam armados, quando os BANDIDOS cairam da moto, será que não poderiam atirar contra este policial quando o mesmo tentasse descer da moto para prende-los. Concordo que há manipulação policial, e todos os setores publicos de segurança tem que passar por reformulações. Agora fácil dentro de casa, através de imagens julgar atos de policiais e bandidos.

          • Eles tinham acabado de roubar a moto. Estavam ARMADOS. Você no lugar do policial faria o mesmo… não seja cinico. Ou você ia contar com a boa vontade do bandido não atirar em vocÊ ?

            De traz de uma tela de computador é fácil criticar… quero ver com uma arma apontada pra você e você tendo frações de segundo para tomar uma decisão de morrer ou atirar.

            E no final das contas ele não matou ninguem… os Bandidos passam bem.

          • É policial também forjou a vitima que teve a moto roubada e teve uma arma apontada para ele era forjada mesmo. Você é um baita de puxa saco de bandido

  3. Fiquei sabendo do site só agora e tenho que agradecer vocês . Precisamos desse jornalismo , muuuuuito obrigada <3

    • Alguém tem que abrir sua cabeça e colocar idéias próprias e objetivos e não seguir bobagem tendenciosa de sites e reportagens. Esse dois coitadinhos quando saírem da colônia de férias vai te pegar.

      • Não. Quer dizer q na dúvida o policial deve ficar esperando levar uma azeitona direto na testa, não seja besta, bandido é bandido, ele não tá ali pra te apertar a sua mão, ele tá ali é pra te matar meu camarada, então se ele não se rende tem q levar chumbo, isso aqui ou em qualquer lugar, agora se vc falar, “mas eles se renderam, levantaram as mãos”, eu considerarei que vc está levando toda a ação em consideração, então se coloque no lugar do policial, ele tem segundos pra decidir se dois vagabundos que tiveram varias oportunidades de se renderem, que tentaram agredi-lo, e só pararam porque caíram ao tentar provavelmente pegar alguma arma pra alvejar o policial após atirarem o capacete, vc iria ficar esperando apertar a mão deles, cai na real meu, desce do salto, existem milhões de pessoas sofrendo agora por conta desses vagabundos que não querem trabalhar ou estudar! Trabalho desde dos 12 anos, comecei numa roça, estudei, hoje sou formado e falo três idiomas e não vejo a hora de mudar de país, falta pouco para ir realmente pra um país onde os direitos do cidadão de bem são protegidos, numa perseguição dos americanos esses dois merdinhas aí já tinham sido alvejados a tempo, é mãos ao alto, ou fique parado e se não obedecer leva chumbo!

      • Se o suspeito está armado eu acredito que deve sim. é como se diz, se está na chuva é pra se molhar.
        Se o bandido está armado na rua coisa boa não vai fazer.

  4. Vão para merda todos vocês , bando de fraldinhas, vocês são burgueses protegidos pelo dinheiro e a forma de vida, queria ver se tivessem que enfrentar esses coitados menores de idade no dia a dia, roubando seus carros e motos que voce demora 10 anos para comprar, em quanto aqui se defende a maioridade penal para 18 anos, na Inglaterra se nao me engano, foi aprovado maioridade penal para 12 anos, aqui vocês detonam um policial que é um cidadão de bem que estava trabalhando, por alvejar esses dois lixos da sociedade, AAH ele poderia ter agido diferente, SIM!!! PODERIA, mas se os dois individuos não tivessem dado fugo, realmente tudo teria sido diferente, é facil falar que o policial errou em agir daquela maneira, mas e os individuos que além de marginais deram fuga?? eles sim poderiam ter evitado isso, se tivessem se rendido, por isso o PAIS é um lixo e cada vez piora, por culpa de vocês que ganham dinheiro para proteger bandido, toma aqui meu like para essa pagina de merda _|_

    • Rômulo, não sei onde você viu que a maioridade penal da Inglaterra é 12, mas para de acessar esse site porque é mentira. O próprio policial forjando os tiros com a arma dos menores, pode? Os dois claramente se renderam e é nítido no vídeo um deles com as mãos levantadas. Policial não é juiz. Não cabe a ele atirar se os dois já tinham sido rendido, ninguém está reclamando do policial ter perseguido os delinquentes, mas sim da ação despreparada de atirar enquanto os dois estavam no chão. Não fossem os tiros desnecessários e a tentativa de forjar uma troca de tiros, o policial estaria de parabéns.

  5. Realmente, quando dois suspeitos saem de moto com o garupa armado só pode ser para fazer compras. Acho que a polícia deve fingir que trabalha e deixar os suspeitos cometerem um latrocínio, com isso a polícia não cometa mais abusos como esse absurdo. O policial foi extremamente truculento com dois humildes cidadões que saem de moto para passear.

  6. Pensei que fosse uma ponte para a sociedade,mas pelo visto promove a bandidagem.

  7. O dia que um filho ou parente de vocês forem vitimas de bandidos DESTEMIDOS como esses, eu quero ver essa visão de Direitos Humanos! Todos tem que trabalhar com as ferramentas que tem, infelizmente a lei está contra o cidadão de bem. Se tivéssemos mais exemplos desses duvido que essa bandidagem seria tão inconseqüente!

  8. Este site quer se aparecer na carona de um evento de grande repercussão. Cada caso um caso, neste caso em específico estes bandidos estavam em fuga e colocando pedestres, veículos e o próprio PM em risco de vida pois eles estavam armados e isto não é forjar nada. Se estes bandidos tivessem oportunidade teriam matado sim o PM e este PM infelismente não terminou o serviço. Se houvesse a morte do PM a reportagem sensacionalista diria que mais um PM foi morto pela bandidagem e ficaria por isso mesmo. Este povo tem que parar se ser massa de manipulação de Interesse pessoal de alguns, para favorecimento próprio. Em New York foi adotado tolerância zero, somente assim reduziu a violência e o respeito a polícia. Este cabo deveria ser condecorado no exército das suas funções. E o povo ignorante parar de se basear em reportagens tendenciosas e adotar as suas próprias intenções. Para resumir, estes dois coitadinhos vão estar soltos no ano que vem e o estrago na motocicleta da vítima não aparece nenhum sensacionalista para ajudar em seu prejuízo.

  9. Vcs não merecem Polícia quando a Polícia faz um excelente trabalho desses vcs falam obsta dos caras quando acontece qualquer coisa é O 190 que vcs ligam os caras roubaram a moto tem que desce o aço msm

    • Marcelo Campos, sou da mesma opinião!
      No vídeo que mostra toda a filmagem, fica bem claro que assim que o bandido joga o capacete no policial ele se vira e procura algo na cintura do comparsa da frente, provavelmente uma arma, e nesse momento eles caem. Depois de atirar o policial vai até eles e pega a arma e não coloca como o site diz. Agora fica a pergunta: O que eles queriam que o policial fizesse??? Esperasse levar um tiro no meio da testa??? Eu acho que tem que atirar mesmo, sem dó e sem piedade.

  10. Essa é a atitude corriqueira da Polícia Militar Paulista…

    Batem, humilham, matam, intrujam, mentem em seus depoimentos, alteram cenas de crimes…. esse é o dia a dia… não é um caso isolado… antes fosse.
    E tudo sob a inércia da Polícia Civil, do Ministério Público, do Judiciário e também da imprensa.

    Não tem como negar que os “jovens” mortos não eram simplesmente “jovens”… eram bandidos… porém, o policial que deveria dar o exemplo, agiu também como bandido… e de uma maneira mais grave, já que é pago para cumprir a lei e cobrar do cidadão que também cumpra.
    Se é para se comportar como bandido… não deveria correr atrás de criminosos.

  11. Vai você perseguir dois bandidos e quando ele cair da moto fique esperando ele atirar em você primeiro. Ai depois, ferido, se não estiver morto, você poderá reagir. Me bata uma garapa. Bandido fugindo da polícia, jogando capacete pro policial cair e vcs defendendo estes vagabundos ?????????????????

  12. Lugar de bandido é no inferno…
    Se eles não eram bandidos porque fugiram e tacaram o capacete?
    BEM FEITO AOS MARGINAIS E PARABÉNS PARA A POLICIA
    chega de lotar presidio e ficar fazendo o povo pagar a conta deles lá…

  13. Vamos parar de ser hipócritas, se qualquer um tivesse no lugar do policial, seja de qualquer país, o que faria, não preciso nem responder, se esses menores de merda, bandidinhos, saem por aí aprontando e não se rendem, e ainda por cima jogam o capacete no policial, querendo claramente feri-lo, eles merecem o quê, chumbo, chumbo e chumbo, pena que os tiros não acertaram a cabeça pra mandarem direto pro inferno!

  14. Com todo respeito à aqueles que criticam o modus operandi da nossa PM, inclusive autor dessa coluna, espero que nunca passem pela experiência de ser assaltado no trânsito em plena luz do dia, com a testemunha ocular dos seus filhos. Continuem condenando aqueles que fazem a linha de frente entre você e sua família contra esses malfeitores. Enquanto nós nos fechamos dentro das casas, aqueles dominam a cidade.

  15. Eles fogem da polícia, tentam derrubar o policial e só param quando caem! Depois que levam um tiro ainda reclamam. Sites como esses que prezam pelos direitos dos manos mas não escreve uma linha sobre os milhares de policiais mortos nos últimos anos eu trato com o mesmo asco que trato uma barata, mas pena que eu não posso pisar em cima desse site, senão eu teria feito.

  16. O policial merecia uma medalha… Foi herói e eliminou 2 marginais que colocaram sua vida e a de muitos inocentes em risco…
    2 motoqueiros armados são anjinhos???
    Dá nojo ler comentários defendendo bandidos!!!

  17. entao com esse pressuposto deve-se imaginar q o policial q ta na rua anda com uma arma reserva escondida no bolso pra forjar cenas de crime a qlqr momento, ate pq pra dar certo, a arma deve ser fria… aham, soh faltou dizer que o policial tb atropelou um unicornio durante a perseguiçao pra ficar mais veridico…

  18. Parabéns ao policial que estava sozinho e foi agredido por um capacete.
    Cabe ao marginal parar.
    Na fuga causou vários riscos aos cidadães de bem.Foram neutralizados.
    Como folgados que são; pensaram que seriam presos e sairiam numa boa da cana.Agora levaram fogo irão pensar 2 vezes antes de reagir.
    Não esquecer que estavam assaltando ,foram violentos com as vitimas.

  19. O ato de heroísmo hoje é visto como truculento, então é preciso dar medalhas aos ladrões e pagar um salário por estarem afastados de suas funções, esqueci eles são funcionários dos PeTralhas e tem direitos privilegiados, provavelmente serão nossos próximos políticos.

  20. Por isso Brasil esta assim transforma bandidos em mocinhos e mocinhos em bandidos. Opiniões são validadas, mas em uma sociedade ate como nas formigas o que prevalece são os indivíduos que contribui para bem da sociedade não aqueles que as destrói. O policial contribui p/ sociedade os bandidos não quem, quem defende estes bandidos não conhece a historia da humanidade, biologia e a antropologia.
    Estudem e entenda que viver em sociedade vai alem de ter opiniões de não violência e sim de justiça e dever com todo grupo da sociedade. Em vez de discutir se o policial ta certo ou não vai ate seu político e brigue pra que eles parem de roubar e invista nossos impostos em educação, no crescimento econômico, na saúde e para construção de um ambiente social mais digno. E Talvez o policial mate menos bandido porque não vai ter mais bandido pra se matar.

  21. Preciso do meu direito de defesa de volta.O desarmamento foi compulsório apesar do plebiscito contrário.Aparentemente fora de contextomas garanto: tem tudo a ver.

  22. É muito facil ,, ficar sentado na frente do computador e dar a opinião,,, quero ver o cabra enfiar na frente de bala e faça,,,, e ganhar uma miséria de salário ,,,, pra defender estes intelectuais da internet ,,,,já dizia o cabra :” o internet deu voz a um monte de ,,,,, “”””

  23. O problema é o sistema todo que está podre. Não é do policial nem dos bandidos. Todos nós corrompidos até os ossos. Cada um sobrevivendo no capitalismo selvagem da selva de pedra! FODA

  24. Que manchete tão tendenciosa como qualquer da Revista Veja…. “agilidade do policial em plantar uma arma na cena do crime”…. Vocês sabem muito bem… voces devem ter assistidos o vídeo algumas vezes… para verem que o policial NÃO PLANTA a arma e sim pega a arma e efetua um disparo no chão. A arma era dos marginais e provavelmente, se o policial não tivesse efetuado 4 disparo assim que desceu da moto, ele teria levado um tiro daquela arma nas mãos do marginal. O policial está corretíssimo no seu procedimento.. o único erro foi disparar a arma do marginal para simular ataque e revide.

  25. Suspeitos? São marginais q tem que levar chumbo mesmo antes q façam mal a pessoas de bem! Lamentável a proteção que os bandidos tem no Brasil! E a Polícia já não aguenta mais ter q prender dezenas de vezes o mesmo vagabundo!

  26. 1- CADE A PROVA DA ARMA SENDO FORJADA ? Não vi imagem nenhuma no video sobre isso.

    2- REPORTER DIZ QUE POLICIAL EXECUTOU 2 TIROS ? Onde ela viu isso? cortou da reportagem, pois na reportagem isso nao aparece!!

    BANDO DE BURGUES COM INSTINTO CHE GUEVARA, São oq vcs são.. Protegendo Bandido.

    Quero ver essa proteção quando um deles, roubar seu carrinho que o papai deu, ou estuprar sua Filha!

  27. É lamentável ver isso. A que ponto a policia chegou. Ter que forjar uma cena de crime para poder justificar perante a lei ter atirado em bandido.
    O policial estava perseguindo dois BANDIDOS ARMADOS que estavam em uma moto ROUBADA.
    A policia deveria ter carta branca para matar bandidos nesses casos.
    Hoje em dia o policial tem que esperar o bandido atirar para poder revidar. Se atirar primeiro leva processo e vai preso, mesmo o bandido estando armado.
    Em que pais estamos vivendo ? INVERSÃO TOTAL DE VALORES.

  28. Suspeitos? desde quando bandido pego em flagrante é suspeito? Ninguém analisa o lado do policial, o stress, vocês dos Direitos Humanos ficam aí na internet fazendo teoria, queria ver um de vocês tendo que vestir uma farda e enfrentar a bandidagem todo dia na rua? Será q vocês conseguiriam ser tão equilibrados? Imagino a adrenalina no PM na perseguição eu teria descarregado o pente pra dar exemplo pra bandidagem.

    Bandido bom é bandido morto.

    • Olha bandido tem que tomar tiro mesmo, uma vez que não temos uma justiça justa eu no lugar do PM faria a mesma coisa mas neste caso digamos ele teve razão sim, mas esse mesmo tratamento um cidadão de bem também teria se por alguma razão um PM suspeita-se os modos operantes de alguns policiais infelizmente faz gerar essas controvérsias de ação.

    • Vivendo num pais que esta no vermelho e o numero da sorte é 13 o que vamos esperar meu amigo? que desde que me entendo por gente 13 ´´ o numero do Azar eu sei que estamos pagando pelo o erro do nosso voto mas não precisamos pagar tão caro assim. antes os nossos ladrõeszinhos era chamados de trombadinha quem se lembra disso?

  29. Vocês dos DH já foram visitar o motoboy que teve a moto roubada e quase foi morto pelos “coitadinhos” ou só ficam aqui defendendo a bandidagem??? E onde está a imagem em que o Policial Militar coloca uma arma na cena???

Enviar um comentário

Contribua com a Ponte

Clique para doar