Amigo diz que Ítalo não estava armado e que policiais o obrigaram a mentir em vídeo

17/06/16 por André Caramante

Compartilhe este conteúdo:

Programa de TV ‘Repórter Record Investigação’ ouviu a versão do menino que acompanhava ítalo quando ele foi morto com tiro na cabeça disparado por PM de SP

O programa “Repórter Record Investigação” entrevistou o garoto que estava com Ítalo no momento em que o menino de dez anos foi morto pela PM em São Paulo depois de furtar um carro.

PMs de SP matam menino de dez anos suspeito de furto com tiro na cabeça

Tudo errado no vídeo em que menino “inocentou” PMs

O garoto descreveu detalhes da invasão do condomínio no Morumbi e do furto do automóvel. Contrariando a versão dos policiais militares, a criança afirma que Ítalo não estava armado e que foi baleado em fuga, mas sem reagir.

O menino sobrevivente diz também que policiais o agrediram e, com ameaças, obrigaram que ele falasse, num vídeo, que Ítalo tinha uma arma e havia atirado contra a polícia. O advogado dos PMs afirma que o garoto está mentindo.

 

 

Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo: