Após revelação de vídeo sobre tiroteio, PM que matou outro militar é preso em SP

PM .... / Foto: Reprodução

Policiais militares aposentados trocaram tiros na tarde de sábado (06/05), no bairro de Moema, na zona sul de São Paulo

PM aposentado morreu após trocar tiro com outro PM aposentado / Foto: Reprodução

O policial militar aposentado soldado Hector Marcelo Vieira foi preso por ter matado o também aposentado da PM cabo Marcos Antônio Abrahão. Os dois militares trocaram tiros na tarde de sábado (06/05), em Moema, zona sul de São Paulo.

Segundo a assessoria de imprensa da SSP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo), o soldado Vieira foi preso em flagrante por homicídio e está internado sob escolta policial.

Ainda de acordo com a pasta, a Polícia Civil solicitou as imagens de câmeras de segurança, que serão anexadas ao inquérito policial. O soldado Vieira está internado no Hospital São Paulo.

Imagens

Imagens de uma câmera de segurança mostraram que os policiais militares reformados Vieira e Abrahão conversaram por pelo menos 40 segundos antes de trocarem tiros

O vídeo colocou em dúvida a versão dada pela Polícia Militar, de que, após ser abordado por Abrahão, o soldado Vieira “teria entendido tratar-se de um assalto e agiu iniciando o tiroteio”. As imagens mostram que os dois atravessaram a rua conversando, ambos com a arma escondida na cintura.

Depois da conversa, um dos PMs empurra o outro, saca uma arma, atira e já caminha na direção do companheiro de profissão que está caído. Mesmo deitado, o PM baleado ainda conseguiu sacar sua arma da cintura e também balear o militar. O vídeo se encerra com os dos policiais militares caídos ainda tentando atirar um contra o outro.

Em nota, a PM disse que o cabo Abrahão prestava serviço de segurança a um pet shop da região, enquanto o soldado Vieira trabalhava com segurança pessoal.

 

Comentários

Comentários

Enviar um comentário

Contribua com a Ponte

Clique para doar