‘Queremos saber como os snipers estão agindo no RJ’, diz deputada estadual

Presidente da Comissão dos Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do RJ, Renata Souza (Psol-RJ) quer que Ministério Público – federal e estadual – investigue ação dos atiradores de elite e aponte quantas pessoas foram baleadas ou mortas.

Escola cristã do Pará promove documentário que exalta ditadura militar

Escola usou ‘liberdade de pensamento’ para justificar promoção de filme que promete ‘resgatar a verdade’; para educadora popular, escola falha ao assumir um lado: ‘o caminho não é proibir, mas fomentar o debate de ambos os lados da história’.

Documentário retrata trajetória de uma caminhoneira transexual e lésbica

O premiado ‘Fabiana’ mostra detalhes da última viagem da caminhoneira antes da aposentadoria, depois de 30 anos de profissão; diretora do filme define a saga como ‘a liberdade em um estado bem puro e avançado’.

‘Foi humilhante, torturante’, diz Chico, doente e manco, ao sair da prisão

Chico foi preso em agosto de 2018 depois de um reconhecimento irregular e teve liberdade concedida após reportagem da Ponte; Carmem, sua esposa, alega que ‘a lei é para negros, pobres e que não podem fazer delação premiada’.

‘Quando há violência política, não existe democracia plena’, diz Talíria

Em entrevista à Ponte, as deputadas Talíria Petrone e Dani Monteiro, partes do legado político deixado por Marielle Franco, falam sobre as investigações do assassinato e lembram do convívio com a vereadora.

Bancada do Psol vai apresentar projeto de CPI para investigar milícias, anuncia Freixo

Em coletiva de imprensa, partido cobra ainda uma resposta: quem mandou matar Marielle?; parlamentar comemora prisões, mas alfineta: ‘um ano é inaceitável para termos apenas a informação de quem executou’.

A criminalização discutida no STF é a solução ideal para a LGBTIfobia?

A Ponte conversou com o autor das ações votadas no STF, Paulo Iotti, e cinco especialistas e ativistas para entender a criminalização da LGBTIfobia; entenda os argumentos favoráveis e contrários.

Ginecologistas não sabem lidar com mulheres lésbicas e bissexuais, aponta livro

‘As faculdades de medicina não formam os médicos para nada que não seja heteronormativo’, diz autora do livro ‘Vem cá: vamos conversar sobre a saúde sexual de lésbicas e bissexuais’, que será lançado no dia 19/3 em SP

Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A