PM de Doria espionou policial por pedir namorado em casamento

24/06/19 por Arthur Stabile e Paloma Vasconcelos

Documento obtido pela Ponte comprova a presença de policiais disfarçados com trajes civis em veículo descaracterizado durante pedido de casamento feito pelo soldado Leandro Prior; corporação havia negado que ato fosse feito na Parada LGBT+ e modificou escala do policial. Ler mais


Segundo Artigo 19, ações da Polícia Militar de São Paulo impediram que pessoas exercessem plenamente o direito de manifestação; corporação nega, ao dizer que registrou ocorrências em Jundiaí, Sorocaba e na capital. Ler mais

Grupo formado por cristãos, evangélicos, budistas, mães de santo, mórmons e umbandistas vai à Avenida Paulista para tirar o estigma de que religião e direito à diversidade são opostos, não se conversam. Ler mais

Corporação do governo Doria proibiu Leandro Prior de fazer o pedido na Parada LGBT+ de São Paulo, soldado então o fez próximo à base em que trabalha, na região da Luz, centro da capital paulista. Ler mais