Documentário “Raça” desnuda o mito da democracia racial

     
    Por meio da história de 3 personagens, “Raça” mostra as conquistas e os entraves
    para garantir direitos à população negra no Brasil

    O filme Raça, de Joel Zito Araújo e Megan Mylan, retrata a luta de três negros por justiça racial. Lançado em 2012, o documentário mostra a vida da quilombola Elda de Linharinho, no Espírito Santo, do cantor e vereador Netinho de Paula, em São Paulo, e do primeiro senador negro do Brasil, Paulo Paim, em Brasília. “Raça” se aprofunda na vida de cada um dos personagens, mesclando diferentes dimensões da luta pela igualdade racial. Uma das passagens mais contundentes mostra os bastidores da aprovação do Estatuto da Igualdade Racial, um marco importante, ainda que tenha passado por concessões – especialmente no que diz respeito ao direito à terra – para ser aprovado. “A intenção em fazer o filme foi registrar o momento histórico. Finalmente o debate racial estava sendo compreendido como um debate nacional”, diz o diretor Joel Zito Araújo.

    O filme foi lançado em 2012, no Festival Internacional do Rio de Janeiro. Desmonta o mito da democracia racial, mostrando a dificuldade de se estabelecer direitos, ainda que tenhamos avançado na dívida histórica do Estado brasileiro por tantos anos de escravidão. Ao mesmo tempo, “Raça” nos faz refletir sobre as conquistas, contrapondo o longo caminho a percorrer para a reparação que a sociedade brasileira deve a essa parcela da população. “O que mais me encantou durante o processo deste trabalho foi a vida dos quilombolas, a preservação da tradição e da africanidade do povo. Foi surpreendente pra mim”, afirma Joel Zito. O diretor também ressalta na obra a importância dos diálogos do senador Paulo Paim dentro do Congresso Nacional pela aprovação do Estatuto da Igualdade Racial.

    A renda da exibição do filme foi integralmente revertida para o Fundo Baobá, organização não governamental que financia organizações negras brasileiras. Uma importante contribuição para compreender a formação do povo brasileiro.

    Joel Zito Araújo é um importante cineasta e pesquisador negro do brasileiro. Ganhou 8 kikitos, entre outros prêmios. Para assistir ao filme completo é necessário entrar em contato neste link www.racafilme.com.

     

    Ficha técnica
    Raça, um filme sobre a Igualdade
    Duração: 1h 44 min
    Lançamento: Maio/2013
    Dirigido e Produzido: por Joel Zito Araújo e Megan Mylan
    Produção: Brasil e EUA
    Assistente de Direção: Luis Carlos de Alencar
    Editores: Jordana Berg e Megan Mylan
    Distribuição: Espaço Filmes
    Realização: Principe Productions e Casa de Criação Cinema

     

     

    Já que Tamo junto até aqui…

    Que tal entrar de vez para o time da Ponte? Você sabe que o nosso trabalho incomoda muita gente. Não por acaso, somos vítimas constantes de ataques, que já até colocaram o nosso site fora do ar. Justamente por isso nunca fez tanto sentido pedir ajuda para quem tá junto, pra quem defende a Ponte e a luta por justiça: você.

    Com o Tamo Junto, você ajuda a manter a Ponte de pé com uma contribuição mensal ou anual. Também passa a participar ativamente do dia a dia do jornal, com acesso aos bastidores da nossa redação e matérias como a que você acabou de ler. Acesse: ponte.colabore.com/tamojunto.

    Todo jornalismo tem um lado. Ajude quem está do seu.

    Ajude
    1 Comentário
    Mais antigo
    Mais recente Mais votado
    Inline Feedbacks
    Ver todos os comentários
    trackback

    […] Joel Zito Araújo é um importante cineasta e pesquisador negro do brasileiro. Ganhou 8 kikitos, entre outros prêmios. Para assistir ao filme completo é necessário entrar em contato cneste link http://www.racafilme.com. […]

    mais lidas