x
Legenda Teste

Ajude a Ponte

Você sabe que a Ponte está do seu lado. Mas, além de coragem, a nossa luta pela igualdade social, racial e de gênero precisa de recursos para se manter. 

Com uma contribuição mensal ou anual, você ajuda a manter a Ponte de pé. Além disso, garante acesso aos bastidores da nossa redação e uma série de benefícios.

Ajude a Ponte

PM reprime com violência manifestantes contra Bolsonaro em SP

28/10/18 por Arthur Stabile (texto) e Daniel Arroyo (imagens)

Compartilhe este conteúdo:

Grupo estava na Avenida Paulista, durante manifestação pró-Bolsonaro, e foi reprimido com bombas

Momento da repressão na Avenida Paulista | Foto: Daniel Arroyo/Ponte

A PM (Polícia Militar) reprimiu com violência manifestantes e jovens contrários à Jair Bolsonaro (PSL), presidente eleito do Brasil. O grupo estava no Masp (Museu de São Paulo) protestando contra a eleição do capitão da reserva do Exército quando receberam em troca bombas e balas de borracha disparados pela polícia.

A violência da PM partiu quando um grupo de jovens começou a declarar cânticos contrários a Bolsonaro no vão do Masp. Na mesma avenida, apoiadores do candidato estavam reunidos. Em seguida, uma troca do Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia) partiu para cima dos jovens.

Jovens contrários à Bolsonaro | Foto: Daniel Arroyo/Ponte

Ao menos quatro pessoas foram presas, entre elas três jovens e um morador em situação de rua – detido por queimar uma bandeira. Segundo a polícia, um dos membros do grupo agrediu um idoso e, por isso, foi levado ao DP (Distrito Policial).

Confira mais imagens do ato pró-Bolsonaro:

Manifestante pró-Bolsonaro | Foto: Daniel Arroyo/Ponte

Manifestante pró-Bolsonaro | Foto: Daniel Arroyo/Ponte

Já que Tamo junto até aqui…

Que tal entrar de vez para o time da Ponte? Você sabe que o nosso trabalho incomoda muita gente. Não por acaso, somos vítimas constantes de ataques, que já até colocaram o nosso site fora do ar. Justamente por isso nunca fez tanto sentido pedir ajuda para quem tá junto, pra quem defende a Ponte e a luta por justiça: você.

Com o Tamo Junto, você ajuda a manter a Ponte de pé com uma contribuição mensal ou anual. Também passa a participar ativamente do dia a dia do jornal, com acesso aos bastidores da nossa redação e matérias como a que você acabou de ler. Acesse: ponte.colabore.com/tamojunto.

 

Todo jornalismo tem um lado. Ajude quem está do seu.

Ajude

Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo:

>