PonteCast: ‘Modelo Morto, Modelo Vivo’ fala sobre a transgressão que é existir em um corpo trans

19/10/19 por Ponte Jornalismo

Compartilhe este conteúdo:

No episódio 36, entrevistamos a artista trans feminista Leona Jhovs e o cineasta Iuri Bermudes sobre o curta-metragem que dirigiram juntos

Manuela é uma mulher trans, artista, que ao frequentar uma oficina de modelo vivo, desperta para sua própria beleza e potência, mesmo tendo que enfrentar dificuldades cotidianas, que exigem dela coragem e garra.

Esse é o resumo da história curta-metragem “Modelo Morto, Modelo Vivo”, dirigido por Iuri Bermudes e Leona Jhovs e que está em fase de finalização. Leona interpreta a personagem principal, Manuela, além de dirigir e também assinar junto o roteiro. O filme foi fruto de um encontro dos dois, como eles mesmos definem, e demorou mais de um ano para ser pensado e concretizado.

“Não adianta eu ter uma personagem para falar da luta da população trans e eu não ter representatividade na escrita e na direção. A troca foi fundamental. Era tanto sobre ela o filme, que no início a personagem se chamava Leona”, afirma o diretor Iuri Bermudes, durante a conversa para o episódio 36 do PonteCast.

Leona destaca que o curta toca em dimensões espinhosas do tema, como a transfobia, mas, vai além, e traz a potência do transfemisnino como um dos caminhos para mudar mentalidades que ainda reforçam preconceitos.

“Se eu vivo em um país que mais mata mulheres trans e travestis no mundo, a gente sempre que se coloca está falando em um corpo político. Por exemplo, comprar pão para nós, corpos trans e travestis, é político. Você tem que passar por uma série de coisas, você já liga o alerta, você sai na rua e olha para os lados. Existir, para nós, é um constante risco. Ao mesmo tempo estamos conseguindo nos unificar na luta e isso é muito político também. É transgressor existir na sociedade”, exemplifica a atriz Leona Jhovs.

A equipe chegou a fazer um financiamento online no valor de R$ 10 mil pra finalizar o curta. A campanha terminou essa semana e eles conseguiram 77% do valor. “O que já é motivo de comemorar. Será uma ajuda fundamental”, declarou a dupla.

A foto que ilustra esse EP é uma cena do filme.

Ainda sem previsão de data de estreia, você, leitor da Ponte e ouvinte do PonteCast, pode acompanhar os próximos passos da produção seguindo os perfis dos artistas: @leonajhovs_oficial @modelovivomodelomorto_ofilme @iuribermudes. Aumenta o som!

Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo: