x
Legenda Teste

Ajude a Ponte

Você sabe que a Ponte está do seu lado. Mas, além de coragem, a nossa luta pela igualdade social, racial e de gênero precisa de recursos para se manter. 

Com uma contribuição mensal ou anual, você ajuda a manter a Ponte de pé. Além disso, garante acesso aos bastidores da nossa redação e uma série de benefícios.

Ajude a Ponte

PonteCast | ‘Para o mundo, Bolsonaro representa projeto de poder extremamente perigoso’

22/02/20 por Ponte Jornalismo

Compartilhe este conteúdo:

No episódio 54, entrevistamos o jornalista e correspondente internacional Jamil Chade para falar sobre como a gente tem sido visto no exterior

O jornalista e correspondente internacional Jamil Chade conversou com a Ponte sobre como tem testemunhado, sendo um brasileiro que mora no exterior e cobre política internacional, a construção da imagem do Brasil na era Bolsonaro. Jamil trabalhou por quase 20 anos no Jornal O Estado de SP e, desde o começo do ano passado, mantém uma coluna no UOL, do Grupo Folha. Autor de diversos livros, entre eles “Política, Propina e Futebol”, que fala sobre o esquema internacional de corrupção no esporte.

Baseado em Genebra, na Suíça, cobre detidamente o cotidiano da Organização das Nações Unidas, e, desde que Jair Bolsonaro chegou ao poder tem tido mais trabalho do que nunca.

Em entrevista ao PonteCast, Jamil afirma que o Brasil virou tema do noticiário internacional pelos absurdos que os que estão no poder vem fazendo, aqui e lá fora.

“Tivemos a fase do deboche, depois o choque e agora a comunidade internacional está preocupada com o Brasil. Em linhas gerais, Bolsonaro visto como despreparado para o cargo”, avalia o jornalista.

Jamil analisou a recente notícia de que os Estados Unidos estão pretendendo “redefinir” os direitos humanos e Brasil, ao lado da Hungria, estão apoiando esse processo.

“Eles têm um projeto e esse projeto é extremamente perigoso. Talvez um erro que cometemos logo no começo do governo foi achar que o Brasil iria sair da ONU. Não é isso que está acontecendo. O que o Brasil e outros países estão fazendo é transformar a agenda da ONU para que ela se torne ultraconservadora”, diz Jamil durante a conversa com Maria Teresa Cruz no episódio 54 do PonteCast.

Maria Teresa perguntou para Jamil Chade com quem Jair Bolsonaro dividiria a lancheira na hora do recreio se o mundo fosse uma escola. Quer saber a resposta? Aumenta o som!

Já que Tamo junto até aqui…

Que tal entrar de vez para o time da Ponte? Você sabe que o nosso trabalho incomoda muita gente. Não por acaso, somos vítimas constantes de ataques, que já até colocaram o nosso site fora do ar. Justamente por isso nunca fez tanto sentido pedir ajuda para quem tá junto, pra quem defende a Ponte e a luta por justiça: você.

Com o Tamo Junto, você ajuda a manter a Ponte de pé com uma contribuição mensal ou anual. Também passa a participar ativamente do dia a dia do jornal, com acesso aos bastidores da nossa redação e matérias como a que você acabou de ler. Acesse: ponte.colabore.com/tamojunto.

 

Todo jornalismo tem um lado. Ajude quem está do seu.

Ajude

Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo:

>