Preso pela Corregedoria, PM se joga de viatura em movimento e morre

A suspeita é de que sargento teria saltado de viatura para se livrar de envelope com propina, mas bateu a cabeça e não resistiu

Rua Gaivota, onde policial se jogou | Foto: Google Maps

Um sargento da Polícia Militar se jogou de uma viatura da Corregedoria em movimento, bateu a cabeça no chão, não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde desta terça-feira (27/6), na rua Gaivota, zona sul da cidade de São Paulo, próximo ao Parque Ibirapuera.

Segundo a Polícia Civil, Edemar José Camargo era suspeito de ter recebido um envelope com cerca de R$ 2 mil em propina, de uma obra em construção, quando foi pego em flagrante por agentes da Corregedoria.

Sargento Edemar José Camargo | Foto: Reprodução

O sargento estava sendo levado à Corregedoria da PM, na Luz, região central, para prestar esclarecimentos, quando teria tentado se livrar de um envelope onde supostamente estaria o dinheiro da propina. Para isso, se jogou do carro.

Dentro do colete que o sargento usava, a polícia encontrou um envelope lacrado. A perícia isolou o local e o envelope não foi aberto para não atrapalhar as investigações.

A SSP (Secretaria da Segurança Pública), que tem à frente o secretário Mágino Alves Barbosa Filho, sob quarta gestão do governado Geraldo Alckmin (PSDB), foi procurada para se manifestar sobre o assunto através de sua assessoria de imprensa, terceirizada pela empresa CDN Comunicação. Até a publicação da reportagem, a empresa não se manifestou.

Comentários

Comentários

Enviar um comentário

Contribua com a Ponte

Clique para doar

feito por F E R A