Radiografia do PCC, ‘Cobras e Lagartos’ traz novo capítulo na segunda edição

20/06/17 por Maria Teresa Cruz

Compartilhe este conteúdo:

Mais completo trabalho de reportagem sobre a facção criminosa, obra de “jornalismo raiz” do repórter Josmar Jozino ganha reedição e traz novidade

Convite de lançamento do livro ‘Cobras e Lagartos’ | Imagem: Divulgação

Lançado originalmente em 2005, Cobras e Lagartos – a verdadeira história do PCC é um autêntico dossiê sobre o funcionamento da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), a mais forte em atividade no país, e terá a segunda edição lançada oficialmente nesta quarta-feira, pela Via Leitura. Esgotada há anos nas livrarias, a edição original tornou-se um artigo de luxo em sebos, nas raras vezes em que aparece não sai por menos de R$ 250,00.

Escrito pelo experiente repórter Josmar Jozino, que acumula mais de três décadas no jornalismo e atualmente integra a equipe da Ponte Jornalismo, o livro traz um detalhado raio-X do mundo do crime, abordando a fundação do PCC e o seu funcionamento, passando pelos atos criminosos, além de casos polêmicos envolvendo os presos, a polícia, o sistema prisional e várias autoridades. Josmar, que no livro encarna o personagem “Caveirinha”, decidiu escrever o livro para trazer a público anos de apuração sobre o tema, entrevistando fontes que vão desde ex-integrantes da facção, passando por policiais, até às mulheres de presos, com quem estabeleceu laços de amizade depois de anos de convivência.

Josmar Jozino, autor de três livros sobre o Primeiro Comando da Capital

E para os que já tiverem lido a edição anterior, uma surpresa: um capítulo inédito. “Esse capítulo, o último, fala da expansão territorial do PCC no Brasil e na América do Sul, além do rompimento da aliança com o Comando Vermelho, abordando ainda as recentes brigas com mortes nas prisões do País”, detalha Josmar Jozino à Ponte Jornalismo.

Para o jornalista André Caramante, também membro da Ponte, Cobras e Lagartos é um documento histórico. “É a comprovação de que o jornalismo de raiz, aquele que tem o repórter com o pé no barro, ainda pulsa firme. Josmar chegou muito perto do PCC, aonde dificilmente outro perdigueiro da notícia chegará”, avaliou em texto que foi para a contracapa do livro.

Serviço:

A noite de autógrafos acontece nesta quarta-feira (21/6), a partir das 21h, no Sotero Cozinha Original, na rua Barão de Tatuí, 282, Santa Cecília, São Paulo.

Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo: