‘Amanhã será outro’, diz irmã de morto pelo Exército na ação de 80 tiros

Luciano Macedo foi atingido três vezes quando tentava socorrer o músico Evaldo Rosa e sua família dos disparos dos militares; ele ficou internado 11 dias e morreu na madrugada desta quinta-feira (18/4).

PMs interrompem ato contra Bolsonaro e apreendem panfletos em Brasília

Policiais mobilizaram 10 homens contra 4 estudantes; jovem negra diz que PMs a chamaram de ‘vagabunda’ e quiseram registrar ocorrência em que presidente seria vítima e ela, agressora.

PonteCast: 80 tiros, o silêncio do presidente e as execuções extrajudiciais

No episódio 9, falamos sobre a ação do Exército no Rio que terminou com a morte de um músico negro de 51 anos, o educador social que ficou preso injustamente e foi inocentado, e as novidades no caso dos Crimes de Maio.

‘Homicídio de civil não deveria ser crime militar’, aponta ONG internacional

Para Human Rights Watch, especializada em defesa de direitos humanos, fuzilamento de família com 80 tiros em Guadalupe (RJ) deve ser tratado como execução extrajudicial e ação do Exército foi irregular.

Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A