Jurados pela polícia e pelo tráfico

Em São Paulo, burocracia e atrasos em repasses de verbas deixam crianças e adolescentes ameaçados de morte sem proteção; em 2017, segundo a Defensoria Pública, 48% das ameaças vieram de policiais e 36% do crime organizado.

10 minutos atrás
Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A