Antes de se tornar uma das figuras mais conhecidas no meio LGBT em São Paulo, Renata Peron quase foi morta por skinheads; ninguém foi punido. Ler mais