Preta Ferreira, Sidney Ferreira e Maria do Planalto estavam presos desde junho acusados de extorquir moradores de ocupações; todos negam as acusações Ler mais


Advogados dos irmãos Preta e Sidney Ferreira da Silva sustentam que prisões são ilegais e têm a finalidade de criminalizar os movimentos de moradia; militantes foram presos com mais sete pessoas no dia 24 de junho. Ler mais

Advogados sustentam em habeas corpus enviado ao Tribunal de Justiça de SP que a polícia não apresentou elementos para comprovar a necessidade das prisões preventivas; pedido vale para dois dos quatro ativistas presos. Ler mais

Na segunda-feira (24/6), foi decretada a prisão de nove lideranças de movimentos de luta por moradia e somente dois dias depois a defesa conseguiu acesso ao processo . Ler mais

Grupo foi encaminhado para o Departamento Estadual de Investigações Criminais, que investiga suposto crime, e cinco são considerados foragidos; advogados, movimentos sociais e de moradia alegam que prisões são uma forma de criminalizar a luta das ocupações. Ler mais