Em passeata pró-Bolsonaro, PM paulista escolhe seu lado

Em ato de apoio ao candidato do PSL, policiais deixaram manifestante agredir repórter e expulsaram jovens da periferia que faziam ‘rolezinnho’; PM nega preferência partidária.

Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A