PMs interrompem ato contra Bolsonaro e apreendem panfletos em Brasília

Policiais mobilizaram 10 homens contra 4 estudantes; jovem negra diz que PMs a chamaram de ‘vagabunda’ e quiseram registrar ocorrência em que presidente seria vítima e ela, agressora.

‘É fundamental que a gente não se cale’, diz viúva de Marielle em caminhada em SP

Na mesma data em que se completam 80 dias do assassinato da vereadora, Mônica Benício se uniu a milhares de mulheres LGBTs para marchar por justiça e pelo fim do genocídio da população negra.

Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A