Em dois dias, Bahia registra 31 assassinatos após execução de PM

Indícios apontam para atuação de grupos de extermínio, que, segundo especialistas, agem especialmente em áreas periféricas quando um policial é morto.