Atiradores em Suzano pretendiam humilhar meninas, segundo denúncia

Justiça determinou apreensão por 45 dias de terceiro suspeito, ligado ao crime por conversas de WhatsApp, incluindo com um dos dois autores do ataque, e uma bota similar à usada pela dupla, segundo a Polícia Civil.

Procurador aponta incapacidade da PF em monitorar fóruns de ódio na internet

Discussão sobre grupos de racistas, misóginos e que incitam crimes na deep web ganhou força depois que massacre em Suzano foi comemorado no Dogolachan; terroristas que atacaram mesquitas na Nova Zelândia publicaram manifesto em fórum.

Ataque a tiros em Suzano (SP) é comemorado em fórum racista e misógino na internet

Participantes do Dogolachan afirmam que atiradores frequentavam fórum online e teriam avisado dos planos; os chamados ‘chans’ reúnem os incels, ou celibatários involuntários, homens frustrados sexualmente, racistas e misóginos.

Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A