Testemunha de chacina falta a júri; ‘não sei se está viva’, diz acusação

No primeiro dia de julgamento do PM Victor Cristilder, acusado de participar da maior chacina de SP, sobrevivente fala das sequelas irreversíveis após os ataques de agosto de 2015

Ato de mães relembra mortos e cobra justiça dois anos após chacina em Osasco e Barueri

Mães e parentes das 19 vítimas dos ataques do dia 13 de agosto de 2015 protestaram no Masp, pouco mais de um mês antes do início do julgamento de PMs e GCM acusados de participação nos crimes

Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A