Vereador Gilberto Natalini foi torturado em 1972 pelo coronel Brilhante Ustra. Em entrevista, corregedor Marcelino Fernandes disse que Ustra não foi torturador e que Brasil não teve ditadura. Ler mais


Para Coronel Marcelino Fernandes, Brilhante Ustra não era torturador, o Brasil não teve ditadura e militares 'foram os que menos torturaram'. Ler mais

À Ponte, o corregedor da PM, coronel Marcelino Fernandes, avaliou como correta a ação: 'Fosse nos EUA, o presidente daria a condecoração', diz. Ler mais