A Agência Pública e a Ponte Jornalismo se juntam à imprensa mexicana na homenagem ao repórter Javier Valdez, assassinado em maio, e engrossa o coro por justiça: desde 2000, 126 jornalistas foram assassinados no país e mais de 20 estão desaparecidos O jornalista Javier Valdez foi um dos que mais e melhor reportou a história do tráfico em Sinaloa, no México – Imagem: Reprodução/Facebook Enquanto vários jornalistas estavam discutindo como poderiam apoiar os sete colegas que tinham acabado de ser emboscados no México, no estado de Guerrero, por cem homens armados, que apontaram suas… Ler mais