Em protesto contra aumento da tarifa em SP, PM segue à risca o que chefe decretou

Detenções por porte de máscara, cabeçada em ciclista e empurrão na imprensa foram algumas das ações da PM no primeiro ato após Doria assinar decreto de restrições em passeatas; parte da tropa estava com rosto coberto e sem o nome.

Contra os 30 centavos de aumento da tarifa do transporte de SP, milhares vão às ruas

Organizado pelo Movimento Passe Livre, protesto começou em frente ao Theatro Municipal e seguiu pelas vias do centro até rua da Consolação; após dispersão, um banco foi depredado na avenida Paulista.

Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A