Secretário de Segurança de SP nega retaliação por morte de PM em Paraisópolis

Mágino Alves anuncia que PM continuará na favela para manter ‘ordem pública’ e Corregedoria diz não ter ‘relato de excessos’ em abordagens; dois suspeitos estão presos.

PM Juliane, morta por ser policial: um ataque aos direitos humanos

Negra, lésbica, periférica e dona de ‘uma alegria contagiante’, Juliane dos Santos Duarte foi enterrada na Grande SP; amiga conta que ser policial era o grande sonho da vida dela.

Dois são mortos em ação policial e 17 ficam feridos em ataque a tiros na zona sul de SP

No Parque Bristol, atiradores feriram 17 pessoas em baile funk; mortes aconteceram em Paraisópolis e filho de uma das vítimas lembrou, em post, que perdeu a mãe há menos de um ano.

Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A