‘Eles falaram que se Bolsonaro for eleito vão matar os viados, as sapatões’

Paulo Perondi estava com noivo em ônibus municipal em São Paulo, quando três cobradores e o motorista começaram as ofensas; ele divulgou a história nas redes sociais e registrou boletim de ocorrência.