A Ponte analisou 3 alterações na Política Nacional de Drogas consideradas por especialistas como retrocesso para as lutas antimanicomial e pelo desencarceramento: 'é a possibilidade de ampliação irrefreada do sequestro de pessoas'. Ler mais


Nota técnica é alvo de críticas por abrir precedentes para o retorno de uma lógica manicomial que privilegia a internação e abstinência e coloca como segundo plano a política de redução de danos. Ler mais