João Victor Souza de Carvalho, de 13 anos, morreu em fevereiro de 2017 numa unidade da rede em São Paulo após desentendimento com funcionários. Ler mais