Estudantes denunciam professora por aulas racistas em universidade

Denúncia traz à tona o limite entre liberdade de expressão e propagação de conceitos racistas, no curso de Psicologia da Universidade São Judas Tadeu, em São Paulo.

Funcionário demitido pelo Metrô afirma que foi vítima de racismo

Ao longo de 15 anos, Valter ouviu que seu cabelo era ‘anti-higiênico’ e que ‘não tinha genes’ para operar equipamentos. Em 15/9, segundo ele, foi demitido após reagir contra ofensa racista de um passageiro.

Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A