‘Amanhã será outro’, diz irmã de morto pelo Exército na ação de 80 tiros

Luciano Macedo foi atingido três vezes quando tentava socorrer o músico Evaldo Rosa e sua família dos disparos dos militares; ele ficou internado 11 dias e morreu na madrugada desta quinta-feira (18/4).

Exército fuzila carro e mata pelo menos um homem no RJ

Vídeos mostram barulho dos disparos partindo do veículo do Exército e a revolta de moradores em Guadalupe, zona norte do Rio; ‘eles nem esperaram, eles mataram o meu esposo’.

4 minutos atrás

‘Quando há violência política, não existe democracia plena’, diz Talíria

Em entrevista à Ponte, as deputadas Talíria Petrone e Dani Monteiro, partes do legado político deixado por Marielle Franco, falam sobre as investigações do assassinato e lembram do convívio com a vereadora.

Governo do RJ vai mandar delegado que investigou caso Marielle para Itália

Governador Wilson Witzel afirmou que Giniton Lages está cansado e deve passar um tempo na Itália, onde poderá trocar experiência no combate à máfia e aplicar na segurança pública do RJ; fontes da DH confirmam ‘sim’ do delegado.

Protestos contra morte de Pedro Gonzaga fecham Extra: ‘vidas negras importam’

Manifestantes marcharam em frente a filiais da rede de supermercados de diversas cidades contra o genocídio da população negra; jovem foi morto por segurança no Rio

7 minutos atrás

Oito meses após execução de Marielle, Anistia cobra vigilância sobre a investigação

Entidade internacional de direitos humanos aponta série de informações ‘contraditórias’, questiona imparcialidade e demora nos trabalhos; recentemente a PF foi acionada pelo governo federal.

Advogada que foi algemada durante audiência abre seu próprio escritório no RJ

‘É tudo com meu dinheiro, meu trabalho, minha cara’, afirmou Valéria Lúcia dos Santos, que denunciou violência sofrida em Duque de Caxias frente a uma juíza e dois PMs.

‘Intervenção deixará um problema do mesmo tamanho que encontrou’

José Vicente da Silva Filho, ex-secretário nacional de Segurança Pública, avalia como impossível Exército resolver ‘em 10 meses’ problemas ‘de 10 anos’ no RJ; intervenção completa 3 meses nesta quarta-feira.

Ministro da Justiça contraria o da Defesa sobre militares com poder de polícia no RJ

Torquato Jardim considera aval ‘decorrente e necessário’ para a eficácia da intervenção no estado, que ainda não teve plano apresentado, e estende para ‘todos os agentes federais’ envolvidos na ação

Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A