Famílias tentam provar inocência de 4 jovens presos suspeitos de roubar um Uber

Tias, irmã e mãe juntam relatos de testemunhas e buscam prova para desmentir reconhecimento da vítima e versão dos PMs; segundo policiais, abordagem aconteceu pois eles estavam ao lado do carro abandonado.

Secretário de Segurança de SP nega retaliação por morte de PM em Paraisópolis

Mágino Alves anuncia que PM continuará na favela para manter ‘ordem pública’ e Corregedoria diz não ter ‘relato de excessos’ em abordagens; dois suspeitos estão presos.

Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A