Atlas da Violência traz dados inéditos da população LGBT+, mas é criticado por presidente da Associação Nacional de Travestis e Transexuais pois identidade de gênero não aparece no relatório; para pesquisadora, a ausência de dados oficiais, como o IBGE, é falha grave que dificulta a separação por orientação sexual e identidade. Ler mais


Dos 65.602 homicídios registrados em 2017, dados apresentados pelo Atlas da Violência mostram ascensão de mortes com perfil racial, com negros sendo 75% do total de mortos, e de gênero. Ler mais

Criado por designer periférico como trabalho de conclusão de curso, 'Lambe da esquina' tem como objetivo explicitar ataques e causar reflexão na sociedade. Ler mais