Museu Penitenciário Paulista: silenciamento de uma história de massacre

A única narrativa que o poder público é capaz de contar é a da repetição e reedição de dores e massacres, e da manutenção de um sistema prisional que reconta centenas de mortes todos os anos, sem jamais assumir sua responsabilidade pela barbárie

Entidades repudiam anulação de julgamentos do Massacre do Carandiru

Pastoral Carcerária cobra punição aos “mandantes políticos” da invasão ao complexo, enquanto ITTC vê a decisão como “autorização para matar pessoas presas” Cena do filme Carandiru…

Contribua com a Ponte

Clique para doar

feito por F E R A