Funcionário demitido pelo Metrô afirma que foi vítima de racismo

Ao longo de 15 anos, Valter ouviu que seu cabelo era ‘anti-higiênico’ e que ‘não tinha genes’ para operar equipamentos. Em 15/9, segundo ele, foi demitido após reagir contra ofensa racista de um passageiro.

“Calma, minha filha, por favor”, diz moradora da Rocinha no meio do tiroteio

Maior favela da América Latina vive dias de terror por causa de briga de facções desde o domingo; polícia já prendeu três pessoas e investiga atuação do PCC

Contribua com a Ponte

Clique para doar

feito por F E R A