Pesquisadora de dossiê sobre lesbocídio denuncia perseguições em redes sociais

Em defesa de docente, responsável pela primeira pesquisa sobre lesbocídio e suicídio de mulheres lésbicas, Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS) lança nota de apoio.

Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A