Conquista argentina impulsiona discussão sobre aborto no Brasil

Atos pela legalização estão previstos para esta sexta-feira em pelo menos seis capitais; para Rede Feminista de Juristas o aborto já é legal, basta o país regulamentar os tratados internacionais que assinou.

‘Com um braço ele segurava a minha filha e com outro me agredia’

Vítima de tentativa de feminicídio, Layana conta como é viver no Piauí, estado brasileiro que mais mata mulheres em razão do gênero; em uma das agressões, ela estava grávida e perdeu o bebê.

PM é indiciado por matar adolescente que foi comprar bolacha na Grande SP

Perícia comprovou que tiro disparado pelo cabo Alécio José de Souza acertou a nuca de Luan Gabriel, de 14 anos. Polícia Civil o enquadrou por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Luta das mulheres avança na América Latina, onde 76% dos abortos são inseguros

Abortos que colocam em risco a vida das mulheres foram a principal causa de mortalidade materna na região; vitória argentina inspira outros países.

6 minutos atrás

O legado dos protestos de 2013: mais repressão, vigilância e vítimas criminalizadas

Cinco anos após as ‘Jornadas de Junho’, estudo da Artigo 19 mostra articulação dos três poderes para criar mecanismos que ferem a liberdade de expressão e o direito à manifestação.

‘É fundamental que a gente não se cale’, diz viúva de Marielle em caminhada em SP

Na mesma data em que se completam 80 dias do assassinato da vereadora, Mônica Benício se uniu a milhares de mulheres LGBTs para marchar por justiça e pelo fim do genocídio da população negra.

Justiça condena ex-PM suspeito de envolvimento em Caso Marielle por porte ilegal de arma

Orlando Oliveira de Araújo foi preso em outubro de 2017 com pistola 9mm; acusado de atuar como miliciano, é suspeito de participar do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes.

Polícia do RJ prende suspeito de ‘queima de arquivo’ no caso Marielle

Thiago Bruno Mendonça é acusado de matar Carlos Alexandre Pereira, colaborador do vereador Marcello Siciliano (PHS), que estaria envolvido no assassinato de Marielle, segundo delator.

Justiça de SP mantém anulação de júris do Carandiru e PMs terão novo julgamento

Por 3 votos a 0, a 4ª Câmara Criminal do TJ mantém válida decisão de 2016, que apontou ‘legítima defesa’ dos policiais; desembargador ataca a imprensa e fala em ‘perseguição’ ao relator do caso.

Contribua com a Ponte

Clique para doar