PonteCast: 80 tiros, o silêncio do presidente e as execuções extrajudiciais

12/04/19 por Ponte Jornalismo

Compartilhe este conteúdo:

No episódio 9, falamos sobre a ação do Exército no Rio que terminou com a morte de um músico negro de 51 anos, o educador social que ficou preso injustamente e foi inocentado, e as novidades no caso dos Crimes de Maio

O mais novo episódio do PonteCast traz a trágica ação do Exército Brasileiro que assassinou o músico Evaldo Rosa, de 51 anos, em Guaralupe, zona norte do Rio de Janeiro. O repórter Arthur Stabile, que cobriu o caso com outros repórteres da Ponte, traz detalhes da execução do músico negro, bem como o silêncio do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e a fala de que situações como essas “podem acontecer”, dita pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. Os militares serão julgados por militares. Entenda ao ouvir o debate puxado por Maria Teresa Cruz.

Evaldo Rosa, morto pelo Exército em veículo no qual estava sua esposa, filho, sobrinha e sogro | Foto: Reprodução/Facebook

Ainda trazemos a cobertura da absolvição do educador social Marcelo Dias, homem negro que ficou preso com base no depoimento de PMs que o ligavam a uma porção de drogas. A Justiça o considerou inocente de forma definitiva e, melhor do que nós, o próprio Marcelo conta a sensação que sentiu ao ouvir a notícia. Por fim, mostramos como o estado de São Paulo poderá responder pelos Crimes de Maio de 2006, quando quase 600 pessoas morreram em ataques do PCC (Primeiro Comando da Capital) e no revide do Estado às investidas do crime organizado, matando inocentes e os apontando como criminosos.

Aumenta o som e dá play!

Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo: