x
Legenda Teste

Ajude a Ponte

Você sabe que a Ponte está do seu lado. Mas, além de coragem, a nossa luta pela igualdade social, racial e de gênero precisa de recursos para se manter. 

Com uma contribuição mensal ou anual, você ajuda a manter a Ponte de pé. Além disso, garante acesso aos bastidores da nossa redação e uma série de benefícios.

Ajude a Ponte

Polícia expulsa dependentes químicos em operação na cracolândia

21/05/17 por Milena Buarque, especial para a Ponte

Compartilhe este conteúdo:

Usuários de drogas foram surpreendidos por policiais na manhã deste domingo (21/05), nove dias depois de Geraldo Alckmin prometer ação

Mais de 500 policiais realizam uma grande operação na região da cracolândia, no centro de São Paulo, na manhã deste domingo (21/05). A ação começou às 6h45 e buscava identificar pontos de venda de drogas, apreensão de entorpecentes e localização de traficantes.

A Justiça expediu cerca de 70 mandados de prisão, e policiais militares também participam da operação. Expulsando usuários de drogas e moradores, a ação está concentrada no quadrilátero da cracolândia. Além da destruição de barracas, policiais entraram em hotéis, pensões e estabelecimentos comerciais.

Durante a operação, não se viu a presença de pessoas ligadas à Secretaria da Saúde ou assistentes sociais – Foto: Reprodução/Globo News

Não há informações detalhadas sobre acompanhamento de um trabalho de assistência social.

No último dia 12, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou que a região seria alvo de uma operação conjunta para combater o tráfico de drogas e também prender traficantes. A ação contaria com forças das Polícias Civil, Militar e Federal, além de agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

Já que Tamo junto até aqui…

Que tal entrar de vez para o time da Ponte? Você sabe que o nosso trabalho incomoda muita gente. Não por acaso, somos vítimas constantes de ataques, que já até colocaram o nosso site fora do ar. Justamente por isso nunca fez tanto sentido pedir ajuda para quem tá junto, pra quem defende a Ponte e a luta por justiça: você.

Com o Tamo Junto, você ajuda a manter a Ponte de pé com uma contribuição mensal ou anual. Também passa a participar ativamente do dia a dia do jornal, com acesso aos bastidores da nossa redação e matérias como a que você acabou de ler. Acesse: ponte.colabore.com/tamojunto.

 

Todo jornalismo tem um lado. Ajude quem está do seu.

Ajude

Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo:

>