‘Juízes não nos veem como advogados’, diz advogada negra algemada

Antes de mandar PM algemar Valéria Lúcia, juíza Ethel Tavares já teria revelado comportamento racista, segundo a advogada: ‘Ela perguntou se eu e cliente éramos irmãs porque éramos negras’.

Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A