x

Ajude a Ponte

Você sabe que a Ponte está do seu lado. Mas, além de coragem, a nossa luta pela igualdade social, racial e de gênero precisa de recursos para se manter. 

Com uma contribuição mensal ou anual, você ajuda a manter a Ponte de pé. Além disso, garante acesso aos bastidores da nossa redação e uma série de benefícios.

Ajude a Ponte

Prisões brasileiras têm mais de 20 casos de Covid-19, a maioria no DF

13/04/20 por Jeniffer Mendonça

Compartilhe este conteúdo:

Ministério da Justiça registra número uma semana após Sergio Moro dizer que situação em presídios não preocupava

Vista da fachada do Complexo da Papuda, no Distrito Federal | Foto: Gabriel Jabur /Agência Brasília

O Distrito Federal confirmou, na manhã desta segunda-feira (13/4), 23 casos de Covid-19 no sistema prisional. Os dados da Susipe (Subsecretaria de Administração Penitenciária), vinculada à pasta da Segurança, são do último levantamento, feito no domingo. Além dos detentos, a pasta informa que 18 agentes penitenciários estão infectados pela doença.

De acordo com a subcretaria*, dos presos testados positivos, 13 são do CIR (Centro de Internamento e Reeducação) e 10 do CDP (Centro de Detenção Provisória), ambos do Complexo da Papuda; já dos agentes penais confirmados, seis são do CDP, 11 do CIR e três do Presídio do Distrito Federal II. Em nota, destacou que os infectados foram afastados e que “332 internos da ala em que os contaminados estavam e 126 agentes já foram submetidos a testes rápidos para diagnóstico do coronavírus”. A pasta declarou será instalado um hospital de campanha no complexo “com dez leitos equipados com suporte de ventilação mecânica e 30 leitos de retaguarda para ventilação”.

Os dados foram atualizados pelo Depen (Departamento Nacional Penitenciário), ligado do Ministério da Justiça e da Segurança Pública no início desta tarde. Em consulta à plataforma de monitoramento dos casos confirmados e suspeitos, o órgão contabilizou, até as 17h30 desta segunda-feira, 151 casos suspeitos e 25 confirmações: 23 no Distrito Federal, um no Pará e um no Ceará.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, chegou a minimizar o problema do coronavírus no sistema prisional, ao dizer, em artigo publicado no dia 30 de março no jornal O Estado de S.Paulo, que não havia qualquer confirmação de casos.

Na última sexta-feira (10/4), O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios anunciou que, até as 18h30 daquele dia, testaram positivo para o vírus 14 presos do Complexo da Papuda, sendo cinco do Centro de Internamento e Reeducação e nove do Centro de Detenção Provisória. “Todos apresentam sintomas leves e foram isolados para receber atendimento médico”, segundo a nota do MP. O órgão também declarou que a doença foi confirmada em mais seis agentes penitenciários, contabilizando 19 servidores infectados.

Leia também

Mais de 25 mil presos vão para casa durante pandemia, segundo Depen

Primeiro caso de coronavírus em presídios é confirmado no Pará

Governo divulga dados subnotificados de casos suspeitos de covid nos presídios

À reportagem, a Secretaria de Administração Penitenciária do Ceará declarou que foi computado apenas um caso confirmado da doença no sistema prisional: um jovem de 24 anos que estava no presídio Professor José Sobreira de Amorim. “Ele já recebeu alta hospitalar, teve alvará de soltura expedido pela Justiça e já encontra-se em casa”, diz a nota. A pasta também informou que realizou testes nos “internos da ala do preso enfermo e nos agentes penitenciários que tiveram contato com ele”, cujos resultados deram negativo para o vírus.

A Ponte procurou a Susipe do DF questionando sobre os dados do MP, a qual apenas informou sobre os 38 casos e que desde que o primeiro agente penitenciário foi confirmado com a doença, intensificou os testes nas unidades em funcionários e presos, além de que “as celas estão sendo higienizadas com Hipoclorito de Sódio, componente da água sanitária” e o “banho de sol está sendo feito em separado, por mais tempo”. A pasta declarou que envia os dados ao Depen “toda vez que há alteração no quantitativo de casos confirmados de Covid-19 no sistema prisional do DF”.

A assessoria do Depen informou que atualiza diariamente os dados da plataforma conforme recebe as informações dos estados.

Também questionamos a assessoria do MPDFT sobre os dados, que orientou a procurar a secretaria de Segurança Pública a fim de receber informações mais atualizadas.

A reportagem também perguntou à assessoria da Secretaria de Administração Penitenciária do Pará sobre atualização de dados dos casos confirmados da Covid-19 nos presídios, mas não obteve resposta.

*Reportagem atualizada às 17h40 após recebimento de boletim da Susipe do DF

Já que Tamo junto até aqui…

Que tal entrar de vez para o time da Ponte? Você sabe que o nosso trabalho incomoda muita gente. Não por acaso, somos vítimas constantes de ataques, que já até colocaram o nosso site fora do ar. Justamente por isso nunca fez tanto sentido pedir ajuda para quem tá junto, pra quem defende a Ponte e a luta por justiça: você.

Com o Tamo Junto, você ajuda a manter a Ponte de pé com uma contribuição mensal ou anual. Também passa a participar ativamente do dia a dia do jornal, com acesso aos bastidores da nossa redação e matérias como a que você acabou de ler. Acesse: ponte.colabore.com/tamojunto.

 

Todo jornalismo tem um lado. Ajude quem está do seu.

Ajude

Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo: