Transferência de líderes do PCC cria alta tensão no sistema prisional paulista

Unidades prisionais estão sem energia e sem comunicação por celulares, além da suspensão do banho de sol e ‘blitz’ nas celas; mensagens pedindo atenção redobrada circulam em grupos de agentes da segurança.

Plano de fuga com avião pilotado por iraniano motivou transferência de líder do PCC

Segundo o MP, plano ousado incluía aeronaves, blindados e metralhadoras ponto 50; principal articulador do resgate, Fuminho é tido como homem de confiança de Marcola e gastou dezenas de milhões de dólares na tentativa.

Marcola e outros integrantes da cúpula do PCC são transferidos para presídios federais

Além de Marcos Willians Herbas Camacho, outros 21 integrantes da facção estão na lista de transferidos; quebrar o esquema de comunicação, planos de fuga e ameaça a autoridades estão entre as razões para decisão.

Ministério Público quer proibir uso de armas menos letais nas unidades prisionais de SP

MP acredita que GIR, o Grupo de Intervenção Rápida, usa spray de pimenta, bombas de gás lacrimogêneo, balas de borracha e cães ferozes para torturar e cometer abuso de poder.

Restrição no auxílio para famílias de presos agrava situação de extrema exclusão

‘Auxílio-reclusão tem por objetivo auxiliar familiares de presos que são pobres’, aponta especialista; renda mensal de beneficiária caiu mais da metade quando o marido foi preso: ‘é uma luta’, diz.

Trans prova inocência em caso de roubo e agressão com ajuda de moradores do centro de SP

Conhecida desde os 8 anos nas ruas de Santa Cecília, Mishelly foi acusada de tentativa de latrocínio contra publicitário em 2017; moradores se uniram para provar sua inocência após TV Record chamá-la de ‘serial killer’.

Depois de dizer que PM vai mandar bandido para cemitério, Doria veta combate à tortura

Governo de SP diz que já existem mecanismos estaduais que combatem violações, como o Condepe; presidente do órgão diz que uma coisa não exclui a outra: ‘alegação para o veto está ligada ao discurso violento do governador’.

Presos no Ceará denunciam agressões e descarte de pertences, colchões e comida

Conselho de Direitos Humanos recebeu de familiares relatos de agressões físicas e uso de cachorros em incursões das forças de segurança dentro de prisão; vídeo mostra colchões, roupas e alimentos dados pelas famílias no lixo.

Geleião, único fundador do PCC vivo, vai completar 40 anos preso

José Márcio Felício conseguiu esconder condenação por estupro, crime repudiado pela massa carcerária, e ajudou a criar a facção. Após delatar amigos, foi expulso e sobreviveu colaborando com a polícia.

Periferias são as principais vítimas dos ataques de facções no Ceará

Conselho Estadual de Direitos Humanos afirma ter recebido denúncias de abusos das forças de segurança; transferência de 21 líderes do Comando Vermelho (CV) acontece após uma semana de ataques e ‘pente fino’ em presídios apreende mais de 400 celulares.

Governo e facções criminosas disputam ‘quem manda’ no Ceará

Mudanças na administração penitenciária geram descontentamento em facções que atacaram ônibus e prédios; especialista afirma que envio da Força Nacional é demonstração de incompetência do governo estadual.

Brasil tem quase 6 mil presos com deficiência e apenas 11% estão em prisões adaptadas

Levantamento feito via Lei de Acesso à Informação traça panorama de um perfil invisível da população carcerária e mostra que a punição é dupla para presos com deficiência.

Liminar do STF respeitava presunção de inocência e direitos humanos, mas foi barrada

Marco Aurélio Mello considerou constitucional artigo que prevê liberdade quando ainda há possibilidade de recurso, mas presidente do STF derrubou decisão; PT tinha entrado com pedido de liberdade para ex-presidente Lula.

Como o Governo de SP assistiu a uma penitenciária virar sede do PCC

A Ponte teve acesso a gravações feitas a partir de escutas ambientais nas celas de integrantes da facção na P2 de Presidente Venceslau; equipamento foi comprado pelos funcionários com recurso próprio.

Escolha de PM que esteve no Carandiru para comandar presídios gera incertezas

Nivaldo Restivo comandou a PM e esteve no massacre do Carandiru; agentes penitenciários, familiares de presos e especialistas acreditam ser difícil prever o impacto para sistema prisional.

Contribua com a Ponte

Clique para doar

Catarse

feito por F E R A